Estagio profissional no Habitar

O IEFP aprovou dois estágios profissionais para o Habitar. Procuramos um candidato/candidata com mestrado em arquitetura. Descrevemos, em seguida, a descrição do estágio. Interessad@s escrever para info@programahabitar.org

JUSTIFICAÇAO GLOBAL DO PROJETO:
1) OBJECTIVOS_Produzir soluções arquitetónicas para as “ilhas” do Porto a partir duma abordagem ancorada à realidade das populações e do tecido produtivo local. Tão importante como o rigor dos projetos a desenvolver (de estudos prévios a projetos de execução) será o enquadramento territorial das intervenções (sistematização dos elementos sociais, físicos e construtivos que caraterizam estes núcleos).
2)CONTRIBUTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E INTEGRAÇÃO DOS ESTAGIÁRIOS_Enquadrar-se-ão num projeto de caráter socio-espacial integrado, em equipas profissionais de arquitetura e intervenção social, articuladas com os Pelouros de Coesão Social do Bonfim e Campanhã e com a Câmara Municipal do Porto (CMP). A
articulação com diferentes interlocutores exponenciará a capacidade de gerir os vários fatores de decisão territorial. É reconhecido pela CMP que a nossa metodologia de trabalho “poderá ser replicada em outras áreas de reabilitação urbana existentes no território municipal” e que “as competências profissionais adquiridas pelos estagiários poderão contribuir para a sua inserção futura no mercado de trabalho, em projetos semelhantes a este”.

PERFIL DE COMPETENCIAS
Os estagiários deverão ser capazes de analisar e caraterizar um conjunto de
ilhas na cidade do Porto. Será relevante a definição geométrica e funcional dos espaços, o estudo dos sistemas estruturais e construtivos e a avaliação patológica dos materiais que compõem o edificado. Com base nas informações obtidas, os estagiários deverão contribuir para a definição de soluções arquitectónicas para este tipo de estruturas habitacionais, tanto a nível de estudo prévio como de projeto de execução. Este trabalho será realizado na sede da Relatos Quotidianos-Associação, em parceria com as Juntas do Bonfim e de Campanhã. Os candidatos deverão ter o curso de arquitetura, com tese de mestrado desenvolvida preferencialmente sobre alguns dos seguintes temas: relação entre arquitetura e justiça espacial; arquitectura e política; o papel do arquiteto na construção do comum; estratégias projetuais para populações com poucos recursos; intervenções arquitectónicas a custos controlados. Serão exigidos conhecimentos em matéria de projeto de arquitetura e/ou construção. Da mesma maneira, procuram-se candidatos com habilidade para a representação gráfica, tanto manual como digital (CAD, indesign, photoshop, etc…). Será relevante o interesse e o histórico dos candidatos em materias relacionadas com a  sustentabilidade, o desenvolvimento comunitário e as práticas arquitetónicas que visam o direito à cidade.

PLANO INDIVIDUAL DE ESTÁGIO
Objetivo geral Desenvolver propostas de intervenção arquitetónicas para um conjunto de “ilhas” na cidade do Porto a partir do conhecimento e análise rigorosos da sua realidade socio-espacial.

Objetivos específicos

1.o enquadramento das soluções propostas dentro das necessidades atuais das
populações com menos recursos.

2.o contributo da intervenção para consolidar o direito a uma habitação condigna

3.conciliação dos dois objetivosanteriores dentro do conjunto de ferramentas proporcionadas pelos programas de financiamento público existentes

Anúncios