Júri PENSAR, CONSTRUIR, HABITAR

O PENSAR, CONSTRUIR, HABITAR é constituido por um júri diverso, com uma variedade de competências e sensibilidades, capaz de garantir que o projeto de arquitetura responde à realidade social a que deve servir:

Experiência e juventude, prática profissional e reflexão académica, dirigentes associativos e dirigentes políticos, pessoas ligadas aos movimentos sociais e à prática privada, arquitetos e não arquitetos. Também, a experiência do SAAL.

painel

PENSAR, CONSTRUIR, HABITAR, desenvolvido pelo Habitar Porto em parceria com a Junta de Freguesia de Campanhã, é um concurso para profissionais de arquitetura que visa atingir três objetivos

  • dar resposta às necessidades da proprietária e dos inquilinos numa perspetiva de custos controlados e rendas acessíveis;
  • demonstrar o potencial da arquitetura para tornar o património de objeto em disputa em elemento de coesão social;
  • promover um debate alargado sobre a criação de práticas e políticas de proximidade com enfoque nas pessoas.

A data limite da primeira fase é 11 de janeiro de 2018. Precisamos de respostas realistas e com vontade de serviço social. A equipa vencedora receberá 4000€ e a possibilidade de desenvolver a proposta.

Anúncios