O Habitar é parceiro da 27 edição do concurso Pladur. Porquê participar?

 

  1. O concurso Pladur é, desde há várias décadas, uma motivação para que os estudantes explorem as possibilidades de um material construtivo específico como forma de mostrar os seus conhecimentos em matéria de projecto. Contribuiu-se, assim, para a criação de um conjunto de soluções arquitectónicas com as quais se construíram, ao mesmo tempo, percursos profissionais e de abordagem à arquitectura.
  1. O tema escolhido para a presente edição -as ilhas do Porto- tem a capacidade de fazer evoluir este aspecto, acrescentando novas dimensões ao projecto de arquitectura que lhe permitem relacionar-se melhor com as novas exigências sociais. Estas estruturas habitacionais representam um desafio para o trabalho dos arquitectos, não só pelas suas características espaciais mas também pela sua natureza enquanto habitação básica das populações mais carenciados da cidade.
  1. O envolvimento do Habitar Porto na configuração das bases permite ancorar os projectos de arquitectura a desenvolver à realidade socioeconómica do território. No documento ‘Informação Adicional’ encontrarão um conjunto de critérios que permitem entender o projecto não como uma resposta a um programa de necessidades fechado, mas antes como a formulação desse programa. Há uma única condicionante: a viabilidade da operação tanto para o proprietário quanto para os inquilinos.
  1. Terão a oportunidade de explorar ao máximo a vossa criatividade. Poderão determinar quantas casas, de que tamanho e que tipologias, que permitam a convivência entre dois tipos de inquilinos: estudantes e utentes do Gabinete e Acção Social da Junta de Freguesia. Serão estratégias legítimas o recurso a espaços comuns que permitam maximizar a área das casas, a adopção de estratégias evolutivas que permitam usar os recursos dos moradores, o estabelecimento de rendas diferenciadas em função da situação social, etc…
  1. Têm a oportunidade de usar a plataforma do concurso para ensaiar estas ou outras soluções da vossa imaginação, desde que exponenciem o impacto que a definição do espaço tem no quotidiano das pessoas e que sejam relevantes para atingir níveis mais elevados de justiça social. Não percam a oportunidade de traçar novos caminhos para a arquitectura, para a cidade e, sobretudo, para as pessoas que a habitam.

Agradecemos à FAUP e aos docentes envolvidos no concurso esta parceria, convite a partir do qual nos foi possível contribuir com um anexo que densifica as bases iniciais. Encorajamos-vos a descarregar o documento “Informação Adicional”, a partir da qual terão a oportunidade de tornar os vossos conhecimentos em matéria-prima para a coesão social:

http://www.rehabilitarparahabitar.com/proyecto-bases.html (consultar “informação adicional)

info@programahabitar.org

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s